Hampton 10741

Automatic Watch – 48 x 31 mm

Baume & Mercier proudly pays tribute to modern art master Pierre Soulages with the "Hampton Polyptyque Edition - Musée Soulages 10th Anniversary", an original creation inspired by his work. Limited to 328 pieces, this timepiece commemorates the 10th anniversary of the Soulages Museum, a Maison’s partner since 2021. The black dial miniaturizes the masterpiece "Peinture 324 x 362 cm, 1986, Polyptyque I" offering a captivating interpretation of large-scale painting.

{{ productData.formattedPrice }} com IVA

Se você quiser obter mais informações sobre este produto ou outra coleção, entre em contato com nosso centro de atendimento ao cliente Baume & Mercier

+41225802948

Swiss-Made

Fabricado pelos nossos relojoeiros especializados em Les Brenets

Garantia internacional de 24 meses

Descrição

This unique creation, limited to 328 pieces, draws inspiration from Soulages' monumental work, "Peinture 324 x 362 cm, 1986," specifically Polyptyque I. Displayed at the Soulages Museum, this masterpiece composed of four panels measuring 81 x 362 cm each has inspired the dial of this exclusive watch. In celebrating the 10th anniversary of the Soulages Museum, a valued partner of Baume & Mercier since 2021, these Hampton edition encapsulates the captivating intersection of art and watchmaking. The dial's miniaturization offers a fascinating interpretation of large-scale painting, exhibiting an exceptional blend of technical prowess and aesthetic complexity. The addition of two golden dots at the end of the hands to express the request of Pierre Soulages to marry the black and the gold and have two gold pearls to express the time. The creation of a vegan strap mixing cellulose and apple leather to echo the request of the Musee and Pierre Soulages to be more in tune with current time and societal challenges The play of contrasting blacks, from matte to semi-matte, shine, and diffuse layers, harmoniously captures the essence of Soulages' artistic legacy. This wearable masterpiece not only pays homage to one of the most influential artists of the 20th and 21st centuries but also elegantly translates the strength and allure of black into a timeless work of art.

Baume & Mercier proudly pays tribute to modern art master Pierre Soulages with the "Hampton Polyptyque Edition - Musée Soulages 10th Anniversary", an original creation inspired by his work. Limited to 328 pieces, this timepiece commemorates the 10th anniversary of the Soulages Museum, a Maison’s partner since 2021. The black dial miniaturizes the masterpiece "Peinture 324 x 362 cm, 1986, Polyptyque I" offering a captivating interpretation of large-scale painting.

This unique creation, limited to 328 pieces, draws inspiration from Soulages' monumental work, "Peinture 324 x 362 cm, 1986," specifically Polyptyque I. Displayed at the Soulages Museum, this masterpiece composed of four panels measuring 81 x 362 cm each has inspired the dial of this exclusive watch. In celebrating the 10th anniversary of the Soulages Museum, a valued partner of Baume & Mercier since 2021, these Hampton edition encapsulates the captivating intersection of art and watchmaking. The dial's miniaturization offers a fascinating interpretation of large-scale painting, exhibiting an exceptional blend of technical prowess and aesthetic complexity. The addition of two golden dots at the end of the hands to express the request of Pierre Soulages to marry the black and the gold and have two gold pearls to express the time. The creation of a vegan strap mixing cellulose and apple leather to echo the request of the Musee and Pierre Soulages to be more in tune with current time and societal challenges The play of contrasting blacks, from matte to semi-matte, shine, and diffuse layers, harmoniously captures the essence of Soulages' artistic legacy. This wearable masterpiece not only pays homage to one of the most influential artists of the 20th and 21st centuries but also elegantly translates the strength and allure of black into a timeless work of art.

Características

  • Swiss Made
  • Relógio Automático, corda automática
  • Reserva de marcha: 42 hora(s)
  • Estanquidade: 50
  • Fundo de caixa com vidro de safira

Movimento

  • Automático, corda automática
  • 28800.0vph/4.0hz
  • 21

Caixa

  • retangular
  • Largura: 31.0 mm x Comprimento: 48.1 mm
  • 10.05 mm
  • Aço-DLC, Microbillé
  • Parte detrás da caixa em vidro de safira, With screw

Mostrador

  • Preto, Opalino, None
  • Doré 5N, especial

Correia

  • preto
  • Fivela fuzilhão, Aço, Microbillé acabamentos

Outros

Das técnicas do pintor à tecnicidade relojoeira

Baume & Mercier se orgulha e se sente honrada em homenagear um dos grandes mestres da arte moderna se inspirando em sua obra para realizar um guardião do tempo único, uma criação original - o Hampton «Homenagem a Pierre Soulages». Neste diálogo tão empolgante como inovador entre a arte e a relojoaria, a tecnicidade é a pedra basilar do Hampton «Homenagem a Pierre Soulages». A miniaturização de um mostrador relojoeiro é uma interpretação emocionante de um quadro pintado de grandes dimensões. Passar de metros a milímetros, é uma viagem empolgante.

Fritz PITZ, Pierre Soulages dans son atelier Paris, 1999. 

Outrenoir como fonte de inspiração

Em janeiro de 1979, o pintor Pierre Soulages, representante principal da arte abstrata, inaugura no seu atelier parisiense uma série de obras Noir-Lumière (Negro-Luz), a qual será denominada Outrenoir, a partir de 1989.  Uma superfície pintada em várias tonalidades de preto, e trabalhada com ferramentas e uma escova para obter um efeito de baixo relevo.  Uma pintura Outrenoir se conjuga com a luz para torná-la presente ao espectador, nomeadamente quando ele se desloca à sua frente: «Quando a luz refletida é mais intensa, o preto se torna menos escuro e os estados de sua superfície mais presentes, mais ativos» afirma Soulages em 2007. Sucessivamente, o preto de Soulages é brilhante ou baço.

A Coleção Hampton, território de expressão artística

Para transpor em guardião do tempo uma obra Outrenoir, Baume & Mercier escolheu o modelo Hampton, outra coleção icônica da Maison cuja forma retangular do mostrador e da caixa evoca as proporções de um quadro. Desde seu lançamento, em 1994, o Hampton incarna o relógio de forma por excelência, se distinguindo com esse desenho, herdado de um modelo da Maison dos anos sessenta, e por sua inspiração Art Déco da década de vinte. A escolha de uma estética de linhas depuradas e curvas e proporções perfeitas demonstra um sentido artístico caro à Maison. Aliás, não é por acaso que ela fez da letra grega Phi, a referência à  proporção divina, seu emblema. O minimalismo formal e a sobriedade do Hampton «Homenagem a Pierre Soulages» contribui para valorizar a obra restituída e a sobriedade deste guardião do tempo requintado evoca a pureza que caracteriza a pintura de Pierre Soulages. 

Salle Outrenoir © RCR - musee Soulages Rodez. Photo CH

Do escuro à luz

A partir de 1979, Pierre Soulages recobre integralmente a tela de preto, mais precisamente, ele sobrepõe nela diversos estados de preto, trabalhados pelo utensílio e pela escova, revelando-os, um a um, brilhantes, mates, pulverulentos, planos, lisos, estriados, polidos e salientes. Ele destaca a luz refletida pelo preto, cria efeitos modelando a textura da pintura, talha a matéria preta do acrílico, alternando brilho e maticidade, relevos e chapados sob a forma de baixo relevo.  

Esta série de obras Noir-Lumière será intitulada Outrenoir desde 1989. O quadro que serviu de inspiração ao mostrador do relógio pertence a esta série. Peinture 324 x 362 cm, 1986, Polyptyque I.

Os polípticos, obras compostas por vários painéis e presentes profusamente em Outrenoirs, permitiram a Pierre Soulages introduzir uma rutura na continuidade da superfície através desses contrastes de matéria, dessa sobreposição de chapeados horizontais e verticais e da incidência da luz.

É uma aventura humana que está em jogo nesta parceria cultural, como uma aliança artística, relojoeira e técnica. É a mecânica do tempo que nos une para a contornar.

Benoît Decron, Diretor do Museu Soulages em Rodez – EPCC, Conservador chefe do património

© RCR – musee Soulages Rodez - photothèque Rodez agglomeration - photo A. Meravilles

O Museu Soulages em Rodez possui um conjunto único no mundo das obras do mestre - o pintor nasceu nessa cidade, na Rua Combarel filho de pai bate-chapas em 1919. Colaborar com o Museu Soulages é para Baume & Mercier, retribuir à Arte o que ela lhe deu. É mais do que uma questão de cortesia, é agradecer-lhe por alimentar nossas almas e o tempo que passa, por nos inspirar e nos fazer vibrar. 

Com esta parceria, Baume & Mercier contribuirá para ajudar o Museu Soulages a enriquecer as coleções nele expostas. Os Amigos do Museu Soulages acompanharão os colecionadores em sua descoberta do Museu Soulages.